Terça-feira, 9 de Agosto de 2005

A Casa

acasa.jpg
Sentir de novo aquela dor
A pouco e pouco respirar
Aquele amor que foi …
Vivido e esquecido em segredo
Como ninguém...

Perdoar, como perdoar
Á tanto tempo que eu queria mudar
Queria voltar, acordar
Deixar o dia passar de vagar
Assim ficar…

Sentir de novo aquele amor
A pouco e pouco consolar
Aquela dor que foi
Vivida e sofrida em silencio…

Chegar de novo, sentir o amor
Voltar a casa sem pensar
Deixar a luz entrar
Esquecer aquela mágoa sem ter medo.
Como ninguém…

Encontrar, poder encontrar,
Todas as coisas que eu não soube dar
Saber amar…

Perdoar, saber perdoar
Há tanto tempo que eu queria mudar
Queria voltar, aceitar
Deixar que o tempo te faça voltar
Saber esperar…

R. Leão
publicado por Ramarago às 18:27
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Olhar de Moura Encantada

. A Nossa Gota

. O Sagrado Feminino

. Prevenção do cancro da ma...

. Na Dualidades dos Mundos

. Frida Kahlo (Pintora) – U...

. De Sapo a Girino

. Nova Expresão -Desabafo-

. Moderador de Vidas

. Beijo Alado

.arquivos

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004